Ogier foi o vencedor do Rally de Portugal

 

O campeão do Mundo Sébastien Ogier, ao volante de um Volkswagen Polo WRC venceu a edição de 2014 do Rally de Portugal pela quarta vez na sua carreira e ainda obteve os três pontos extra da Power Stage, conquistando, assim, o máximo de pontos possível numa prova do Mundial (28 no total).

WRC_RPT_01

No último dia de competição, Jari-Matti Latvala foi o mais rápido na primeira passagem por Loulé, naquilo que foi uma espécie de reconhecimento a alta velocidade para a Power Stage que encerrou o Rally de Portugal. Mads Ostberg venceu na segunda classificativa do dia, em São Brás de Alportel, enquanto Ogier foi o melhor no derradeiro confronto, à frente do seu companheiro de equipa, Latvala, e do norueguês da Citroën. Um resultado que lhe valeu ainda o seu peso e do navegador em azeite Oliveira da Serra.

WRC_RPT_02 WRC_RPT_03

Mikko Hirvonen acabou o Rally de Portugal no segundo posto, naquele que foi o seu melhor resultado até ao momento em 2014. O finlandês tentou entrar na guerra dos pontos da Power Stage mas sem pneus macios novos para usar, sabia que estava limitado e isso comprovou-se, tendo conseguido apenas o quarto lugar.

Mads Ostberg juntou o ponto extra ganho na Power Stage aos 15 do terceiro lugar final, tendo sido um dos poucos pilotos que conseguiu guardar pneus macios novos para o último dia do Rally mas não conseguiu tirar partido desse factor para aumentar o número de pontos para o campeonato.

WRC_RPT_07

Entre os portugueses, Bernardo Sousa foi sempre o melhor e, no final, festejou pelo facto de ter concluído o Rally de Portugal pela primeira vez e por o ter feito como melhor luso, na 15ª posição da geral. O madeirense acabou à frente de Rui Madeira (24º) e de João Barros (25º).

Quanto ao WRC2, o Rally de Portugal foi dominado pelo confronto entre Nasser Al-Attiyah e Jari Ketomaa, tendo a vitória final sorrido ao piloto qatari. no terceiro lugar ficou Pontus Tidemand e Bernardo Sousa, o único português nesta competição, ficou no quinto posto.

WRC_RPT_04

No Junior WRC, Alastair Fisher liderou durante grande parte da prova, mas no final do penúltimo dia de competição abandonou. Simone Campedelli também desistiu e ambos entregaram a vitória a Stéphane Lefebvre, com Christian Riedemann a assegurar a segunda posição na categoria à frente de Martin Koci que caiu para terceiro depois de um furo no derradeiro dia da competição.

Entre os participantes do Drive DMACK Fiesta Trophy, o vencedor foi Pander Parn com uma vantagem de 20,8 segundos sobre Tom Cave. Mais de metade dos 12 concorrentes desta competição não completou o Rally de Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.