Novo capacete para pilotos já tem visão nocturna integrada

Os pilotos britânicos poderão em breve poupar o seu pescoço graças ao novo capacete Striker II que se aproxima cada vez mais daquilo que vemos nos filmes de ficção permitindo-lhe ver informação digital sobreposta no seu campo de visão.

BAE_Helmet_01

Embora a primeira geração deste capacete já projectasse informação que parecia flutuar sobre o mundo real, os pilotos continuavam a ter que recorrer a óculos de visão nocturna adicionais. Agora, o capacete Striker II passa a integrar uma câmara de visão nocturna, projectando a imagem (em alta-resolução) directamente no visor do capacete, a par de todo o tipo de informações extra.

Para manter as imagens digitais em perfeita sincronia com o mundo real, o capacete recorre a um sistema idêntico ao da mais recente versão dos Oculus Rift, em que um padrão de LEDs na traseira do capacete é usado para fazer o tracking da posição e orientação exacta do capacete, e assim projectar as imagens na perspectiva e posição correctas.

Embora a aplicação deste tecnologia se destine a fins militares, esperemos que eventualmente possa ser aplicada para fins bem mais produtivos e pacíficos, como por exemplo, para aumentar a segurança de um motociclista que circule à noite – sendo que nos automóveis, deveremos ficar bem servidos com o pára-brisas digital da Jaguar (que sempre nos permitirá ir vendo alguma coisa interessante na estrada, quando os carros já nem necessitarem de condutores…)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *