Fernando Alonso “estava em 1995” quando acordou do acidente em Barcelona

Segundo o jornal espanhol El País, o piloto Fernando Alonso terá perdido a memória quando “acordou” do acidente que sofreu há poucas semanas no circuito de Barcelona e pensava estar no ano de 1995. De acordo com este orgão de comunicação social, as primeiras palavras após acordar do acidente foram estas: “Sou o Fernando, sou piloto de karting e quero ser piloto de Fórmula 1.”

Fernando Alonso à saída do Hospital General de Cataluña - Foto: ALEJANDRO GARCÍA (EFE)

Fernando Alonso à saída do Hospital General de Cataluña – Foto: ALEJANDRO GARCÍA (EFE)

O piloto espanhol pensava estar em 1995, tendo sofrido uma perda de memória de cerca de 20 anos, e terá demorado cerca de uma semana para se lembrar de tudo o que aconteceu durante esse período. Esta resposta foi obtida na sequência do protocolo que deve ser seguido após um acidente que envolva um forte impacto na cabeça, como aconteceu com Alonso, que implica fazer algumas perguntas simples, como “Quem és?”, “O que fazes?” e “O que queres fazer?”.

As respostas de Alonso revelam  a gravidade do acidente, mas apesar dos inúmeros exames realizados os médicos descartaram qualquer tipo de lesão cerebral como consequência do acidente.

As causas do estranho acidente de Alonso, que aconteceu quando o McLaren circulava a cerca de 150km/h e resultou num embate lateral (quase um encosto ao muro), ainda não foram esclarecidas e tudo parece envolvido num grande mistério, uma vez que a McLaren continua a não fazer qualquer comentário sobre o sucedido.

Entretanto, crescem os “rumores” de que o acidente terá sido provocado por um choque eléctrico, que pode ter chegado aos 600 wats

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *