Virgin Galactic chega ao espaço

Depois do infeliz incidente que vitimou um dos pilotos de teste em 2014, a Virgin Galactic atinge finalmente o seu objectivo de fazer chegar a sua nave SpaceShipTwo ao espaço – ou muito perto disso.

A 13 de Dezembro, a SpaceShipTwo da Virgin Galactic atingiu uma altitude de 82,68 kms, que embora tenha ficado aquém dos 100 kms (a linha de Kármán) que são considerados a fronteira para o espaço, não deixou de ser um sucesso e um marco histórico para a empresa e para a História aeroespacial – já que se trata do primeiro “avião espacial” que foi concebido de raiz com o propósito de levar turistas até ao espaço.

Então, estará a Virgin Galactic a mentir quanto a ter atingido o espaço? Não. O que se passa é que nos EUA a FAA (Federal Aviation Administration) considera que a fronteira com o espaço se situa nas 50 milhas de altitude (cerca de 80,47 kms), sendo esse o limite que é utilizado também pela NASA. Por isso, tendo o voo sido lançado dos EUA, tecnicamente a Virgin está correcta – embora não o tenha feito seguindo a definição da FAI (Fédération Aéronautique Internationale).

É por isso mais uma daquelas discrepâncias – estilo as unidades imperiais – que os EUA têm em relação ao resto do mundo – mas que, como dissemos anteriormente, em nada retira o mérito deste feito. Agora só falta começarem os voos regulares, de preferência com as primeiras viagens reservadas para todos aqueles que continuam a insistir que a Terra é plana. ;P

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *