Sonda Hayabusa2 aterra no asteróide Ryugu

A sonda japonesa Hayabusa2 aterrou com sucesso no asteróide Ryugu, permitindo prosseguir com o ambicioso objectivo de recolher uma amostra e a trazer para a Terra.

A Hayabusa2 tem estado a orbitar o asteróide Ryugu há mais de meio ano, e isto depois da sua longa viagem de três anos e meio para lá chegar. Com cerca de 900 metros, a gravidade deste asteróide é extremamente reduzida, fazendo com que o processo de aterrar nele seja bastante complicado.

Antes de aterrar, a sonda disparou um projéctil de 2 kg contra o asteróide (não é coisa que fosse considerada muito pacífica caso por lá estivessem extra-terrestres) com o objectivo de levantar uma nuvem de poeira e partículas que a sonda poderia recolher ao aterrar. Embora a aterragem tenha sido confirmada, ainda não se sabe se essa recolha terá sido bem sucedida – a Hayabusa2 já tinha lançado dois pequenos rovers no asteróide em Setembro passado, que têm captado imagens e feito medições.

Caso tudo continue a prosseguir conforme planeado, a Hayabusa2 irá regressar à sua posição em órbita do asteróide, e posteriormente dar início à sua viagem de regresso, devendo cá chegar no final de 2020 com as partículas recolhidas que permitirão ficar a conhecer em detalhe a composição deste asteróide.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *