Navegadores GPS enfrentam novo “bug do ano 2000” em 2019

Um bug ao estilo do famoso “bug do ano 2000” está de regresso, desta vez afectando alguns navegadores GPS que possam não estar actualizados para lidar com com o novo ciclo de contagem de tempo que irá acontecer a 6 de Abril deste ano.

À semelhança do que sucedeu na mudança para o ano 2000, em que se temia um apocalipse digital nos programas que apenas estavam preparados para lidar apenas com os dois dígitos finais do ano, desta vez o problema tem a ver com o facto dos sistemas GPS contarem as semanas usando uma variável de 10-bits, o que apenas permite a contabilização de 1024 semanas, sendo esse ciclo que terminará a 6 de Abril e fará a contagem recomeçar do zero novamente.

Esta não é a primeira vez que isto acontece. A contagem das semanas no sistema GPS iniciou-se a 6 de Janeiro de 1980 e já se passou por um recomeço do ciclo a 21 de Agosto de 1999. A preocupação é que existam no mercado alguns navegadores GPS mais antigos que poderão não estar preparados para lidar com o reiniciar do ciclo, passando a assumir uma data errada (pensando que a nova semana “zero” seja referente a Agosto de 1999) – que por sua vez significará que não consigam receber dados correctos da localização.

A TomTom criou uma página para identificar dispositivos potencialmente afectados, enquanto a Garmin diz que, à partida, os seus dispositivos não deverão ser afectados. Seja como for, se começarem a detectar coisas estranhas nos GPS a partir do dia 6 de Abril, já sabem do que se trata. Para o futuro, está prevista a expansão do contador de semanas para 13 bits, o que adiaria este tipo de problema para daqui a 157 anos (se fosse eu, arredondaria para os 16-bits, o que já permitiria ficar descansado por mais 1200 anos! 🙂

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *