Boeing 737 Max enfrenta novo problema – agora no piloto automático

A Boeing vai precisar habituar-se a ter os seus aviões estacionados nos parques automóveis, pois os problemas nos 737 Max parecem surgir de todos os lados para onde se olhe – agora com a Europa a ter descoberto nova falha, desta vez relacionada com o piloto automático.

As dores de cabeça da Boeing não param de aumentar. Depois da falha que terá estado na origem de várias quedas e morte de centenas de pessoas, e de outra falha que irá prolongar a estadia em terra dos Boeing 737 Max, temos agora uma nova falha relacionada com o piloto automático que pode fazer com que o mesmo não consiga ser desactivado em situações de emergência.

Embora não tenham sido dados detalhes mais concretos sobre a falha, será garantido que isto representa mais um atraso para que a Boeing volte a colocar os seus aviões no ar, aumentando os milhões em prejuízos que estará a acumular. Imagino as discussões diárias na Boeing com clientes que estão impossibilitados de usar as suas frotas de aviões – e sem que ainda haja sequer uma estimativa para que possam voltar a voar (e nem vamos falar de novos problemas que venham a ser descobertos ao longo das próximas semanas / meses.)

Também a complicar a vida da Boeing está o alargamento das investigações ao Boeing 787 Dreamliner. É que, se assumirmos que estas falhas estão relacionadas com os relatos que indicam que o desenvolvimento do software na Boeing tem sido feito sem qualquer preocupação com a segurança e apenas com a ideia da redução de custos, é bem provável que falhas como as que estão a ser descobertas no 737 Max estejam também presentes noutros dos seus modelos.

… Não vai ser fácil para a Boeing recuperar deste episódio…

Publicado originalmente no AadM

Um Comentário

  1. Será tudo aquilo uma fraude “made by USA” (e abusa) do celebrado Império dos Cowboys ?!?!?! …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *