Daimler paga mais de $2B nos EUA pelo dieselgate

A Daimler Mercedes já chegou a acordo quanto ao valor a pagar pela batota nas emissões poluentes – dieselgate – nos EUA, aceitando pagar um total de 2,2 mil milhões de dólares.

À semelhança do que foi feito pela VW, também a Daimler Mercedes foi apanhada a utilizar sistemas que deliberadamente reduziam as emissões poluentes durante os processos de testes, mas depois emitindo valores muito superiores aos permitidos durante o processo de condução normal em estrada. No entanto, a Daimler safa-se com uma multa bastante mais reduzida que a a sua companheira germânica.

Enquanto na VW os custos com o escândalo dieselgate já chegaram aos 35 mil milhões de dólares, a Daimler por agora terá apenas que pagar 1,5 mil milhões de dólares às autoridades norte-americanas, a que se somam mais 700 milhões num processo paralelo referente aos compradores das suas viaturas.

Continuo a achar que não há qualquer valor, por mais elevado que fosse, que chegue para compensar o mal que foi feito. E a forma como foi feito revela, sem qualquer margem de dúvidas, o completo desrespeito destas empresas por toda a população e pelo planeta. Justificava-se que fossem julgadas por verdadeiros crimes contra a humanidade, com prisão para toda a equipa executiva, e supervisão apertada durante vários anos.

… Também ajudaria que, por conta disto, fossem obrigadas a pagar mais alguns biliões para acelerar o processo de transição para os automóveis eléctricos.

Publicado originalmente no AadM

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *