Satélite MEV-2 deu boleia a mais um satélite Intelsat

A Intelsat voltou a recorrer a um satélite rebocador para prolongar a vida de um dos seus satélites, tal como já tinha feito o ano passado.

O MEV-2 (Mission Extension Vehicle-2) acoplou com sucesso com o IS-10-02, e a ele permanecerá ligado durante os próximos cinco anos, funcionando como motor para manter a sua órbita e fazer as correcções na trajectória. O IS-10-02 estava a ficar sem combustível e teria que ser retirado se não se arranjasse uma forma de o manter operacional.

Assim, apesar de já ter superado o seu tempo de vida previsto, a Intelsat fica com cinco anos de “folga” para poder lançar um novo satélite modernizado para o substituir, sem a pressão de tal ter que ser feito em ritmo acelerado.

Ao contrário do que tinha acontecido com a boleia do MEV-1, que foi buscar um satélite Intelsat que já estava na órbita do “lixo” destinada aos satélites abandonados, desta vez o MEV-2 conseguiu apanhá-lo na sua órbita de funcionamento, onde o irá manter.

No final dos cinco anos, o MEV-2 largará o IS-10-02 para que seja desactivado, e irá dar boleia a outro satélite, repetindo o processo enquanto tiver capacidade para o fazer.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *