Ford anuncia programa de testes na Europa do furgão E-Transit 100% eléctrico

A Ford anunciou recentemente que os primeiros testes com clientes europeus do novo E-Transit, a versão 100% eléctrica do conhecido furgão – vão arrancar muito em breve.

Os protótipos de veículos E-Transit vão juntar-se às frotas de clientes para operar em condições reais de utilização em grandes empresas dos sectores de supermercados, entregas ao domicílio, serviços postais e serviços públicos da Alemanha, Noruega e Reino Unido.

Os testes da Ford com clientes europeus fazem parte de um extenso programa de desenvolvimento do E-Transit, antecipando o seu lançamento na primavera de 2022. Com início a partir do final do próximo verão, os testes foram concebidos para confirmar que o furgão 100% eléctrico consegue satisfazer adequadamente as exigências de uma vasta gama de cenários operacionais.

Os engenheiros da Ford irão utilizar os dados recolhidos durante os testes para aperfeiçoar a tecnologia de veículos conectados de próxima geração a montar no E-Transit, bem como as funcionalidades de gestão de autonomia, de modo a oferecer aos clientes uma experiência operacional optimizada.

Montado no centro de excelência global de veículos comerciais da Ford em Dunton, Reino Unido, o conjunto de protótipos que vão participar nos testes incluirá versões furgão e chassis cabina com diversas conversões, incluindo carroçarias refrigeradas, carrinhas de caixa aberta, basculantes e com compartimentos interiores. Os clientes europeus do E-Transit terão ao seu dispor, logo no lançamento, uma vasta gama de opções de carroçaria, comprimentos, alturas de tejadilho e peso bruto, totalizando 25 variantes possíveis para atender as necessidades de uma ampla gama de actividades empresariais.

A zona de carga do E-Transit é idêntica à das versões Transit com motor a gasóleo, de modo a facilitar as conversões e a permitir aos operadores de modelos Transit a reutilização das estruturas internas no novo furgão 100% eléctrico. O sistema ProPower Onboard, uma estreia absoluta na indústria de veículos comerciais, fornece até 2,3 kW de energia através de fichas standard para conversões de energia e equipamentos, tanto na cabina como na zona de carga. A carga útil prevista é de até 1.616 kg para os furgões e até 1.967 kg para as versões chassis cabina.

A motorização 100% eléctrica do E-Transit fornece até 200 kW de potência, para uma autonomia prevista de até 350 km (WLTP), suportada por tecnologias de reforço de autonomia, incluindo o Modo Eco e o Pré-Condicionamento Programado. Adicionalmente, os operadores beneficiarão da nova tecnologia SYNC 4, incluindo um ecrã de 12 polegadas de fácil utilização e, em opção, navegação conectada à nuvem, entretanto melhorada através de actualizações automáticas de software, sem fios.

A Ford prevê que os custos de propriedade serão cerca de 40% mais baixos em comparação com os modelos equipados com motores de combustão interna, em resultado da redução das despesas de manutenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *