OneWeb mentiu sobre risco de colisão com satélite Starlink

O incidente de uma quase colisão entre um satélite OneWeb e Starlink foi profundamente exagerado pela OneWeb, com a SpaceX a mostrar-se surpreendida por aquilo que descreve como tendo sido um caso rotineiro, sem qualquer gravidade ou risco fora do normal.

No início de Abril tivermos o relato de uma “quase colisão” entre um satélite OneWeb e Starlink, com a OneWeb a descrever o incidente como tendo sido bastante grave, acusando a SpaceX de falta de comunicação e criticando o facto da mesma até ter desligado o seu sistema de anti-colisão para permitir as correcções necessárias. Só que agora vem-se a descobrir que a coisa não foi bem assim – com a SpaceX a ficar muito surpreendida, e desapontada, com a forma como a OneWeb descreveu este incidente.

Segundo a SpaceX, o caso nada teve de grave e foi apenas um caso rotineiro que foi tratado da forma habitual com comunicação directa entre as empresas, sem qualquer motivo para alarme. Revela ainda que foi a OneWeb que solicitou que a SpaceX desligasse o sistema automático anti-colisão do satélite Starlink, para que o mesmo não tentasse fazer correcções que pudessem reagir de forma errada às correcções que a OneWeb iria fazer no seu satélite. E acusa a OneWeb de ter exagerado o assunto para tentar enganar e pressionar a FCC de forma a impor restrições adicionais à SpaceX que, ironicamente, iriam dificultar o processo de comunicação já existente para lidar com estas situações.

Parece que, quando se vê um concorrente a ser bem sucedido a enviar mais de mil satélites para o espaço e a continuar a fazê-lo a ritmo regular, usando os seus próprios foguetes reutilizáveis, todas as tácticas servem para tentar prejudicá-lo da forma que for possível…

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *