Rimac Nevera com 1900cv

A Rimac revelou o seu hiperdesportivo eléctrico Nevera com 1900cv, e que irá ter uma produção limitada a 150 unidades.

Os carros eléctricos têm envergonhado muitos super-desportivos tradicionais, e por isso bem se pode imaginar o que será capaz um hiper-carro eléctrico pensado de raiz para o máximo desempenho. É precisamente isso que está na génese do Rimac Nivera, que se torna na versão de produção do protótipo C_Two revelado em 2018.

Equipado com quatro motores eléctricos (1.4MW, aproximadamente equivalente a mais de 1900cv) e uma bateria de 120kWh, o Nevera consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 1,85 segundos, e atinge uma velocidade máxima de 415 km/h. A utilização de um motor independente para cada roda permite que o carro ajuste, mais de 100 vezes por segundo, a potência enviada para cada roda, para garantir que o carro está sempre sob controlo, funcionando simultaneamente como controlo de tracção, de estabilidade, e permitindo auxiliar o comportamento nas curvas com sistema de vectorização de binário.

Equipado com 13 câmaras, 6 radares e 12 sensores ultrasónicos, o Nevera tem também um assistente de condução virtual que pode reconhecer circuitos de corrida e auxiliar o condutor indicando os pontos de travagem, viragem e aceleração. Mas, uma vez que só irão ser feitas 150 unidades e cada uma irá custar algo como 2 milhões de euros, não é provável que se vá ter oportunidade de por à prova essa capacidade.

Entretanto, o carro está a ser promovido de forma algo polémica. A marca já veio pedir desculpa por um vídeo que mostra o carro a circular na via pública a mais de 230 km/h, dizendo que o condutor se auto-denunciou às autoridades pelo comportamento indevido.

E, em nota mais positiva (excepto para a Ferrari) também está a dar que falar por fazer com que o Ferrari SF90 Stradale pareça um carro lento nos arranques, e no processo obtendo um recorde (ainda não oficial) de 8,62 segundos nos 400 metros, versus os 9,6 segundos do Ferrari.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *