NASA critica Blue Origin de Jeff Bezos

Jeff Bezos não se tem cansado de colocar entraves à decisão da NASA de optar pela proposta da SpaceX para o módulo lunar, mas a NASA também dá resposta à altura, dizendo que a Blue Origin apresentou um preço elevado esperando um lucro fácil, e que essa táctica falhou.

Jeff Bezos tentou encravar a decisão da NASA pela SpaceX, mas parece que não terá muitos argumentos válidos para o fazer. Segundo a NASA, a proposta da Blue Origin falhava desde logo pelo facto de apresentar uma proposta de valor substancialmente superior – um valor que o próprio Jeff Bezos tentou amenizar, dizendo que estava disposto a investir 2 mil milhões da sua própria fortuna pessoal no projecto, se a NASA escolhesse a Blue Origin (mas que mesmo assim continuaria a ser bastante mais caro que a proposta da SpaceX).

Basicamente, a NASA diz que a Blue Origin fez uma aposta errada na apresentação de um valor elevado, talvez com a expectativa de que a NASA e o Governo dos EUA abririam os cordões à bolsa independentemente do valor apresentado, não olhando a custos para cumprir o objectivo desejado de regressar à lua em 2024. Só que os tempos são outros, e actualmente já não é possível atirar os preços para valores “espaciais” (embora o foguete SLS ainda seja um exemplo dessa era, custando milhares de milhões, com sucessivas derrapagens financeiras e atrasos substanciais).

Veremos se depois de todos estes entraves que mais parecem demonstrar a atitude de “mau perdedor” de Jeff Bezos, a Blue Origin se possa concentrar naquilo que se passa lá dentro, havendo relatos de que a empresa tem uma cultura tóxica e que ignora protocolos de segurança para conseguir cumprir o calendário imposto pela direcção.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *