Rimac desenvolve novas baterias de 46 mm

A Rimac prepara novas células para automóveis eléctricos, mas com tamanho que irão além das 4680 desenvolvidas pela Tesla.

Em 2020 a Tesla apresentou as células de bateria 4680, de maior dimensão, que permitiriam uma maior capacidade e eficiência – e, não menos importante, também podia ter produção em linha contínua e serem utilizadas como elementos estruturais nos automóveis, dispensando a sua instalação num pack de baterias tradicional (embora isso também acarrete desvantagens).

Agora, também a Rimac anuncia que está a explorar a utilização de células de 46 mm, mas com tamanhos adicionais para além dos 80 mm.

As células 4680 designam células que têm um diâmetro de 46 mm e um comprimento de 80 mm, de forma idêntica à designação das pilhas CR representarem a sua dimensão. No caso da Rimac, a empresa parece querer ter maior versatilidade, podendo preparar células mais pequenas (por exemplo 4660, com 46 x 60 mm) ou maiores (como 46120, com 46 x 120 mm).

A vantagem que isso traria seria principalmente em termos de poder fazer um melhor aproveitamento do volume dos espaços disponíveis no automóvel, utilizando as células “à medida” para cada secção do carro sem ter o constrangimento de ter espaço para as 4680, ou de desperdiçar espaço por ficarem num local onde poderiam ser utilizadas células maiores. Mas, por agora está tudo em fase de investigação, pelo que ainda se terá que ver se esta opção compensa a complexidade de ter que produzir, armazenar, e instalar células de tamanho diferenciado, face à simplicidade de usar apenas um único tamanho de células.

Publicado originalmente no AadM

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *