Euro NCAP exige botões físicos nos carros para obterem 5 estrelas na segurança

 

A Euro NCAP está a alterar as regras de avaliação de segurança nos automóveis, passando a exigir botões físicos para funções críticas.

A entidade considera que se tem assistido a um uso excessivo de touchscreens nos automóveis, que podem dificultar a activação de funções essenciais face ao acesso imediato e “sem olhar” dos botões físicos. Como tal, os fabricantes que desejarem obter a cobiçada classificação de 5 estrelas nos testes Euro NCAP terão que moderar a transferência de funções para os ecrãs.

Mais concretamente, a Euro NCAP indica que, para poderem obter 5 estrelas, os automóveis terão que disponibilizar controlos físicos para:

  • os indicadores de mudança de direcção (os “piscas”)
  • activação das luzes de emergência (os “quatro piscas”)
  • controlar os limpa-pára-brisas
  • buzina
  • função de SOS

A marca que desde logo será mais penalizada por estas exigências é a Tesla, que tem abdicado de muitos dos controlos físicos, ao ponto de ter removido as tradicionais hastes na coluna de direcção para os piscas – que passaram para botões touch no volante.

Apesar de Musk ter a sua dose de teimosia, no passado já se assistiram a diversos recuos por pressão dos clientes e consumidores. Musk tinha promovido o volante Yoke dos Model S e X como sendo a única opção para o futuro, e posteriormente acabou por disponibilizar a opção para um volante circular tradicional. Veremos que tipo de impacto esta alteração do Euro NCAP terá nos futuros modelos da Tesla (e demais fabricantes).

Publicado originalmente no AadM

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *