Nissan Leaf v2.0 já não precisa do Condutor

 

Quando se fala de automóveis sem condutor será provável imaginarmos os carros do Google, mas não é só o Google que tem investido no desenvolvimento desta tecnologia. Também a Nissan tem trabalhado em sistemas de condução autónoma, e com a nova versão 2.0 do seu Leaf autónomo, vemos que a coisa está mais próxima que nunca – percebendo-se porque motivo a Nissan diz que vai ter veículos autónomos que dispensam o condutor à venda em 2020.

Nissan_Leaf_2_01

Ao contrário dos automóveis que parecem máquinas saídas do laboratório de um cientista maluco, este Leaf distingui-se dos demais automóveis autónomos por… não ter nada de diferente face a um Leaf comum. As quatro câmaras que usa para vigiar o ambiente em seu redor são praticamente imperceptíveis, e também o sistema LIDAR para mapeamento 3D à frente e atrás está discretamente dissimulado na frente e traseira do veículo.

Nissan_Leaf_2_02

A aposta nos automóveis sem condutor é algo que vai muito para além da simples tecnologia, e vai obrigar a repensar todo o seu enquadramento social. Fará sentido continuar a haver automóveis de um só dono? De que forma é que se pode tornar a experiência “personalizada” quando se tratarem de veículos partilhados por várias pessoas? Como lidar com a questão da segurança para evitar acidentes causados por hackers? Como efectuar a transição para estradas “100% seguras” unicamente com veículos conduzidos por computador – sendo que até lá terão que partilhar a estrada com os sempre imprevisíveis condutores humanos?

Nissan_Leaf_2_03

Questões que terão que ser estudadas e respondidas… mas que valerão bem a pena rumo a futuro onde a cada dia se possa anunciar com certeza (quase) absoluta: hoje não morreu ninguém nas estradas em todo o mundo!

 

[youtube http://youtu.be/hnEIovVRumc]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *