O manual de instruções do McLaren F1

Um super-carro é um daqueles brinquedos que faz qualquer “homem” voltar aos seus tempos de criança, e no caso do mítico McLaren F1, que ainda hoje é uma automóvel de referência, há detalhes que poderão passar despercebidos ao comum dos mortais… como acontecerá com o seu manual de instruções.

mlF1

Como em quase todos os casos, o manual de instruções de um automóvel é algo a que a maioria dos condutores nunca dará uso, a não ser que precise fazer alguma coisa que, a contra-gosto, tenha que admitir que não sabe como fazer; ou para que serve algo no seu carro novo (e que podem incluir coisas como, saber para que raio existem duas luzinhas no botão de recirculação do ar – cof cof…)

Tradicionalmente, os manuais dos automóveis são livros técnicos, onde as instruções são descritas mecanicamente página após página – e onde isso actualmente já significa centenas de páginas (e nalguns casos, até vários volumes!) Mas no caso do McLaren F1, o manual do condutor é um obra de arte à altura do próprio automóvel.

Importará relembrar que este automóvel com posto de condução central é capaz de atingir os 372Km/h (231 mph) de origem, e que chegou aos 391Km/h sem o limitador de velocidade. Nada mau para um carro do “século passado”… 🙂

 

[youtube http://youtu.be/SUfRNAuPSbw]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *