Mazda prepara duas estreias europeias para Genebra

A Mazda vai apresentar duas estreias em solo europeu no decorrer do Salão de Genebra: o concept Mazda RX-VISION e um novo Mazda3 de baixas emissões, fruto da combinação do modelo com o bloco diesel SKYACTIV-D 1.5.

Mazda_RXvision_01

O concept RX-VISION personifica o património da Mazda em termos de motores rotativos aplicados a automóveis desportivos. Estabelecendo um vínculo com a gama inédita de modelos de produção com a assinatura RX, o RX-VISION apresenta-se como um símbolo brilhante do espírito de constante desafio da Mazda, o único construtor bem sucedido no mercado com o seu motor rotativo. Um projecto que também forneceu terreno fértil aos seus designers, os quais fizeram uma interpretação única do design KODO – A Alma do Movimento, que transpira performance. Aliás, o RX-VISION conquistou o galardão de “O Mais Belo Concept Car do Ano” no âmbito da mais recente edição do Festival Automobile International, que decorreu em França.

Por outro lado, o Mazda3 equipado com o motor SKYACTIV-D 1.5, acrescenta toda uma nova dimensão a este familiar compacto, proporcionando a chegada ao mercado europeu de uma versão mais económica em consumos, daquele que é o modelo best-seller da Mazda. A mais recente edição deste bloco de baixo peso e emissões permite melhorias ao nível do prazer de condução e do conforto. Um motor que assegura uma resposta mais rápida e mais linear às solicitações do acelerador, fruto dos novos amortecedores dinâmicos construídos dentro de cada pistão, garantindo maior suavidade e silêncio no funcionamento. Apresentado em Genebra em 2014, o bloco SKYACTIV-D 1.5 esteve até agora disponível no Mazda2 e no Mazda CX-3.

Também presente em Genebra estará o novo Mazda MX-5, tendo quadruplicado as suas vendas no quarto trimestre de 2015. A quarta geração do lendário roadster já conquistou cerca de dezena e meia de prémios, incluindo o “Carro do Ano no Japão 2015-16”, o título de melhor descapotável importado para 2016 da revista alemã “Auto, Motor & Sport” e o de melhor descapotável a nível global da publicação britânica “What Car?” (e também abaixo do patamar das £25.000).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *