Novos faróis da Ford não provocam encandeamento

Já conduziu alguma vez com luzes de médios para evitar incomodar os outros condutores ao esquecer-se de baixar os máximos? A Ford desenvolveu agora uma tecnologia que permite aos condutores tirarem todas as vantagens das luzes de máximos sem encandear os outros condutores.

FORD_glare_free_1

As Luzes de Máximos sem Encandeamento utilizam uma câmara montada no pára-brisas para detectar os faróis ou as luzes traseiras dos veículos e bicicletas até 800 metros de distância à noite e usa faróis especialmente desenvolvidos para bloquear a luz que poderia temporariamente cegar os outros condutores e ciclistas.

Conduzir com faróis de máximos permite aos condutores verem os perigos na estrada muito mais cedo. Estudos têm mostrado que faróis de máximos automatizados são activados até 10 vezes mais rápido do que quando os condutores têm de mudar manualmente.

Se perguntarmos a qualquer condutor quais são os hábitos mais irritantes dos outros automobilistas, mais cedo ou mais tarde o assunto das pessoas que não baixam os faróis vai surgir“, disse Michael Koherr, engenheiro de investigação de Sistemas de Iluminação, Ford Europa. “As novas Luzes de Máximos sem Encandeamento da Ford ajudam a maximizar o uso dos máximos e os condutores podem ver muito mais da estrada à sua frente sem causar qualquer distracção aos outros utentes.

A tecnologia foi desenvolvida por uma equipa global de engenheiros da Ford e de parceiros fornecedores. Os testes incluíram a construção de uma área específica de simulação e ensaios de condução nocturna em todo o mundo. As Luzes de Máximos sem Encandeamento trabalham em conjunto com o Sistema de Luzes de Máximos automáticas e com a iluminação Dinâmica LED da Ford com Sistema de Iluminação Frontal Adaptativa, podendo ajustar o ângulo e intensidade do feixe de luz a uma das sete configurações disponíveis, segundo a velocidade, luz ambiente, ângulo da direcção, distância para o veículo da frente e activação do limpa-pára-brisas. As tecnologias de iluminação automática da Ford são activadas automaticamente quando detectadas condições de baixa iluminação.

Descobrimos que alguns condutores estão tão preocupados com o encandeamento dos outros utentes que não usam nunca os faróis em máximos“, disse Koherr. “A tecnologia Luzes de Máximos sem Encandeamento da Ford pode retirar esse stress aos condutores, e a transição suave entre as configurações também ajuda a que os olhos do condutor se ajustem de maneira mais rápida às mudanças na quantidade de luz.

A Ford está também a desenvolver futura tecnologia de iluminação avançada que melhora a visibilidade nas rotundas, nos sinais de stop e de cedência de prioridade e chama a atenção do condutor para os peões, ciclistas e até mesmo animais de grande porte na trajectória do veículo ou até mesmo fora da estrada.

As Luzes de Máximos sem Encandeamento estão já disponíveis nos novos Ford S-MAX e Galaxy e estará igualmente no SUV Ford Edge que chegará em breve ao mercado.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *