Ford já produziu 10 milhões de Mustang’s

A Ford está a comemorar a produção do seu Mustang número 10 milhões, unidade que é representada por um Ford Mustang GT Convertible, versão 2019, na cor “Wimbledon White”, contando com motor V8 de 460 cv.

Produzido na fábrica de montagem de Flat Rock, no estado do Michigan (EUA), tem a mesma cor da primeira unidade serializada de sempre – com o VIN 001 – do Ford Mustang, uma versão 1964 então equipado com um motor V8 de 164 cv e uma caixa de 3 velocidades

A Ford está a comemorar este marco histórico através da realização de diversas celebrações com empregados, na sua sede de Dearborn, e na própria Fábrica de Montagem de Flat Rock (EUA), em acções que incluem voos de 3 aviões de combate P-51 Mustang, da 2ª Guerra Mundial, enquanto várias unidades do Mustang, produzidas ao longo de mais de cinco décadas, desfilavam de Dearborn até Flat Rock, berço do actual Mustang.

Ao longo do historial de produção de 54 anos, o Mustang foi também fabricado em San Jose (Califórnia) e Metuchen (Nova Jersey), para além do seu berço original, a Fábrica de Dearborn (Michigan).

O Mustang é o desportivo mais vendido na América ao longo dos últimos 50 anos, estatística baseada num estudo da Ford, abrangendo o período 1966-2018 e tendo em conta o total acumulado dos novos registos de automóveis desportivos nos EUA, de todos os segmentos, da autoria da IHS Markit.

Entretanto, desde que lançou este icónico modelo na Europa em 2015, a Ford já vendeu mais de 38.000 unidades do Mustang na região. No ano passado e em termos de vendas, o Mustang bateu o Porsche 911 em 13 mercados europeus, nomeadamente no Reino Unido e em Espanha. Os cinco principais mercados, em volume de vendas, foram, em 2017, a Alemanha, Reino Unido, França, Bélgica e Suécia. Em Portugal e em igual período matricularam-se 185 Ford Mustang.

Actualmente na sua 6ª geração, o Ford Mustang, para além da sua liderança indiscutível em vendas, conta com mais “Gostos” na sua página no Facebook do que qualquer outro modelo automóvel do planeta.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *