Nissan Micra tem nova gama de motores

A Nissan adicionou três novas opções de motores à gama Micra: um novo motor a gasolina turbocomprimido, a estreia de uma transmissão automática Xtronic e ainda a chegada de uma versão mais potente, com menor altura ao solo e suspensão e direcção específicas.

Simultaneamente, a Nissan lança também uma nova versão especial, o Micra N-Sport, que oferece um design exclusivo, tanto no interior como no exterior.

Os novos grupos motopropulsores do Micra estão já disponíveis na rede de concessionários Nissan em toda a Europa, juntando-se aos já existentes motor atmosférico a gasolina de 1.0 litros com 70cv e diesel de 1.5 litros e 90cv.

1.0 litros IG-T de 100cv com caixa manual

O novo motor 1.0 litros turbocomprimido IG-T a gasolina disponibiliza 100cv e está associado a uma transmissão manual de cinco velocidades.

Totalmente em conformidade com a norma Euro6d-Temp, substitui a unidade a gasolina de 0.9 litros de 90cv da gama Micra. Os benefícios desta melhoria para o cliente são mais potência (+10cv) e mais binário (+20Nm) em todos os regimes, bem como emissões de CO2 mais reduzidas (-13 a -15g/km, dependendo da versão) e economia de combustível melhorada (-0,6 a -0,7 l/100km, dependendo da versão), contribuindo assim para um custo de propriedade reduzido.

1.0 litros IG-T de 100cv com caixa automática Xtronic

O Nissan Micra está também disponível a partir de agora com uma transmissão automática Xtronic, pela primeira vez desde que a quinta geração do Micra foi lançada em 2016. Esta transmissão está associada ao novo motor de 1.0 litros IG-T de 100cv.

A transmissão automática Xtronic é uma unidade avançada de Transmissão de Variação Continua (CVT). Inclui a tecnologia “D-step”, que proporciona um fornecimento de potência e uma experiência em estrada mais refinados para o condutor em comparação com uma CVT convencional. Isto é particularmente óbvio na resposta à utilização “agressiva” do pedal do acelerador. A tecnologia “D-step” também permite reduções de caixa mais rápidas e uma maior poupança real de combustível.

1.0 litros DIG-T de 117cv com caixa manual

O motor de referência na gama Nissan Micra passa a ser a unidade a gasolina com turbocompressor de 1.0 litros DIG-T de 117cv, em conjunto com uma transmissão manual de seis velocidades orientada para o desempenho.

Não se trata simplesmente de uma versão mais potente e afinada da unidade IG-T de 100cv, mas sim de um motor totalmente diferente. Ainda que com apenas três cilindros, o motor DIG-T de 117cv foi concebido para oferecer aos clientes uma condução orientada para o desempenho, com 180Nm de binário, mais 20Nm adicionais em “overboost”.

Comparando os dois novos motores, o de 100cv e o de 117cv, este último tem visivelmente mais aceleração, que é prolongada ainda mais acima na gama de rotações. Existe mais potência, evidentemente, mas também mais binário e com a potência máxima em regimes mais baixos (180Nm a 1750rpm no de 117cv, contra 160Nm a 2750rpm no de 100cv). O resultado é um tempo de apenas 9,9 segundos dos 0-100km/h no motor de 117cv, um segundo mais rápido do que o de 100cv manual, que averba mesmo assim uma excelente marca de 10,9 segundos.

Mas não é só o grupo motopropulsor que é diferente: o Micra de 117cv proporciona um desempenho em estrada mais dinâmico, graças a uma série de alterações mecânicas, como uma menor altura ao solo (-10 mm) e também uma afinação da suspensão revista para optimizar as vantagens dessa redução. Também têm uma direcção mais precisa: a cremalheira da direcção permite uma utilização mais rápida e leve, pelo que o automóvel é visivelmente mais ágil e divertido de conduzir.

Um novo acabamento cromado do escape e jantes de liga leve de 17 polegadas (de série nos graus Acenta e superiores) são os toques finais nas versões do Micra que dispõem deste grupo motopropulsor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *