Telescópio espacial James Webb completamente montado pela 1ª vez

Depois de anos de atrasos e milhares de milhões de euros acima do previsto, o telescópio espacial James Webb da NASA ficou completo pela primeira vez.

O James Webb pode ser considerado o sucessor do Hubble, e conta com tecnologia muito mais avançada, a começar pelo seu imenso espelho de 6,5 metros de diâmetro, que lhe dá uma área de captação de luz cinco vezes superior ao Hubble. O problema é que o projecto tem sofrido múltiplos atrasos, elevando a factura para perto dos 10 mil milhões de dólares.

Mas finalmente temos mais um marco, com o James Webb a ter sido montado completamente pela primeira vez (a parte do telescópio e a parte do escudo solar). O processo ainda terá que ser seguido por mais uma longa série de testes para fazer e validar todas as ligações eléctricas entre os módulos, mas é mais um importante passo necessário para que se possa cumprir o seu lançamento em Março de 2021 – mais de 7 anos após a data inicialmente prevista para o seu lançamento.

O James Webb terá capacidade para ajudar a detectar potenciais sinais de vida em exo-planetas com características idênticas às da Terra, e seguramente irá contribuir para ficarmos a conhecer um pouco melhor este Universo em que nos encontramos (seguramente, fazendo também surgir toda uma série de novas perguntas.)

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *