Hyundai e Kia criam sistema de controlo de passagens de caixa ICT Connected Shift System

A Hyundai e a Kia criaram o primeiro sistema de passagens de caixa inteligente do mundo a ser baseado nas tecnologias de comunicação e informação, o ICT Connected Shift System.

Este sistema permite aos automóveis comutar automaticamente a caixa de velocidades para a posição ideal, mediante as condições da estrada e do trânsito mais à frente. Os dois construtores planeiam aplicar esta nova tecnologia nos seus futuros modelos, depois de, durante a fase do seu desenvolvimento, terem registado cerca de 40 patentes importantes na Coreia do Sul e noutros países.

Enquanto que as tecnologias até aqui utilizadas para as passagens automáticas de caixa dependem das preferências dos condutores (como é o caso do Modo de Condução Smart, disponível na maioria dos actuais modelos da Kia e da Hyundai), o ICT Connected Shift System é o primeiro a fazer essas mesmas passagens com base nas condições da estrada e do tráfego.

Com efeito, o novo sistema recorre a um software inteligente instalado na unidade de comando da transmissão (TCU), o qual recolhe e interpreta dados que recebe em tempo real a partir de tecnologias auxiliares, nomeadamente a navegação 3D com um mapa preciso das estradas, as câmaras e o radar do cruise control adaptativo. As informações da navegação 3D incluem a altitude, a inclinação, as curvas e diversos eventos na estrada, para além das condições do tráfego do momento. Por seu turno, o radar detecta a velocidade e a distância entre o veículo e aqueles que seguem à sua frente, ao mesmo tempo que a câmara frontal fornece informações sobre a faixa de rodagem em que o veículo se encontra.

Com base em todas estas informações, a TCU prevê qual a mudança ideal para cada situação de condução em tempo real (recorrendo para isso a um algoritmo de inteligência artificial) e engrena-a no momento certo. Por exemplo, quando o sistema prevê um abrandamento relativamente longo e o radar não detecta irregularidades na velocidade do veículo que segue mais à frente, a caixa passa temporariamente para ponto-morto, permitindo reduzir o consumo de combustível.

Quando a Hyundai e a Kia testaram um veículo equipado com o ICT Connected Shift System numa estrada muito sinuosa, a frequência das passagens de caixa nas curvas foi 43% inferior à dos veículos sem este sistema. Por outro lado, o ICT Connected Shift System também reduziu a frequência das travagens (na ordem dos 11%), diminuindo assim o cansaço do condutor e o desgaste dos travões.

Sempre que foi necessária uma aceleração rápida para entrar numa autoestrada, o modo de condução mudou automaticamente para Desportivo, facilitando assim a entrada do veículo no fluxo do tráfego. Depois, regressou, também automaticamente, ao modo de condução original, permitindo uma circulação segura e eficiente.

Além disso, e igualmente de forma automática, a travagem com o motor foi aplicada assim que o condutor levantou o pé do acelerador, ao serem detectadas lombas na estrada, descidas e reduções aos limites de velocidade.

Por seu turno, as alterações na distância para o veículo que circulava mais à frente foram detectadas pelo radar dianteiro, originando assim o engrenar automático da mudança apropriada.

O sistema é ainda compatível com a tecnologia de condução autónoma, que está a evoluir de dia para dia. Ao fornecer uma melhor performance face às condições da estrada e do trânsito em tempo real, o ICT Connected Shift System proporciona simultaneamente poupança de combustível e uma experiência de condução mais estável nesta nova era dos veículos autónomos.

A Hyundai e a Kia planeiam desenvolver continuamente este novo sistema, tornando-o ainda mais inteligente, de modo a que consiga comunicar com os sinais de trânsito (recorrendo à tecnologia LTE ou 5G) e identificar as tendências do condutor (o que se traduzirá num aperfeiçoamento do controlo das passagens de caixa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *