MotoTrofa foi o concessionário vencedor da 2ª edição do Honda Garage Dreams

Depois de vários processos de votação muito exigentes, finalmente a “Fénix”, uma criação do concessionário português Mototrofa, foi eleita a vencedora da 2ª edição do Concurso Honda Garage Dreams.

Este concurso contou com a participação de 36 concessionários de Espanha e Portugal, com personalizações baseadas na popular e bem-sucedida CB650R, que faz parte da família Neo Sports Café da Honda, sendo também oferece uma base perfeita para a personalização.

A história da “Fénix” é muito especial. O concessionário Mototrofa foi devastado no ano passado por um terrível incêndio que destruiu completamente a oficina. Mas, depois de muito trabalho, o concessionário conseguiu levantar-se das cinzas e voltar ainda mais forte. Depois desta experiência e pensando numa determinada criatura da mitologia grega, os funcionários da MotoTrofa decidiram baptizar a sua criação de “Fénix”. Por outro lado, e como já tinham feito com o projecto da CB1000R na primeira edição, decidiram manter o número 93 presente como homenagem ao ano em que a MotoTrofa nasceu e também como homenagem ao campeão mundial Marc Márquez.

Em relação à personalização, para além do design, destaca-se o espectacular monobraço oscilante, o escape completo em carbono, a roda traseira da VFR750F, a roda dianteira e os discos de travão da CBR900RR, o belíssimo banco traseiro com luz presença de LEDs por baixo e, claro, o quadro pintado a vermelho.

A MotoTrofa acabou por se impor numa final muito ajustada às personalizações dos concessionários Autoferro (Múrcia) e Impala (Barcelona), segundo e terceiro classificados, respectivamente.

A transformação da CB650R pela Autoferro consistia numa adaptação deste modelo ao personagem protagonizado por Wesley Snipes no filme Blade. É uma moto de carácter marcadamente agressivo que, na opinião do concessionário, teria sido a moto escolhida pelo personagem se o guião assim o indicasse.

Por outro lado, a Impala decidiu apostar num produto simples, sem a necessidade de modificar estruturalmente a moto, procurando uma estética mais desportiva com a utilização de avanços em vez de guiador e recuando a posição dos poisa-pés. No nível de pintura, esta criação tem por base as cores da CB dos anos 70.

No site do Concurso Honda Garage Dreams podem ser vistos mais pormenores acerca dos participações vencedoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *