Veículos autónomos escolhem a via mais fácil das auto-estradas

As empresas de veículos autónomos parecem estar finalmente a focar-se naquilo que deveriam ter feito desde sempre. Em vez de procurarem criar sistemas capazes de lidar com toda a infinita complexidade e caos da circulação em estradas locais e citadinas, estão a focar-se na condução autónoma bastante mais simples para lidar com a circulação em auto-estrada.

Criar um táxi autónomo capaz de circular no caos citadino é algo que poderá custar centenas de milhões de dólares e nunca dar garantia absoluta de poder ser feito sem assistência humana. Por outro lado, a circulação em auto-estrada é algo imensamente mais simples, e que beneficiará imediatamente todo o tipo de transportes rodoviários, de mercadorias e de passageiros.

Esperemos que também a legislação comece por aqui, permitindo que veículos possam manter-se em modo “autónomo” durante muito mais tempo que o actual, quando circulam em troços que sejam marcados como auto-estradas seguras para condução autónoma.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *