Famel está de regresso com moto eléctrica

A Famel, marca histórica portuguesa das duas rodas, assinala o seu regresso às estradas com o lançamento das pré-reservas da nova E-XF.

Com um design inspirado na antiga e mítica XF-17, a nova E-XF adopta a motorização eléctrica como o ponto de viragem e ressurgimento da marca.

Esta nova fase da marca Famel, mais tecnológica e amiga do ambiente, pretende contribuir para uma mobilidade individual mais sustentável, alertando para a importância crescente da transição energética, necessária para atingir os objectivos de descarbonização das cidades através da utilização de veículos 0% emissões somando a vantagem que os veículos de duas rodas trazem através da sua versatilidade e agilidade nas cidades, que potenciam ganhos significativos nos tempos de deslocação e na qualidade de vida nas cidades.

O regresso como marca Portuguesa de Motociclos Eléctricos foi uma decisão difícil por causa da herança e cultura do passado, mas abraçamos esta missão para um futuro mais limpo e afirmarmo-nos perante as próximas gerações que serão também os nossos motociclistas, como uma marca voltada para o futuro” declara Joel Sousa, responsável pela marca.

A Famel regressa ao final da década de 70 onde foi concebida inicialmente a XF-17; o seu design esguio, mas aspecto e performances desportivas fizeram com que fosse um dos modelos mais cobiçados e coroaram-na como a rainha das motorizadas portuguesas. Invocando toda a herança deste modelo icónico, a nova E-XF promete trazer a Famel de volta às estradas com um design clássico, mas electrificado, utilizando um motor à roda com potência máxima de 5kW, e velocidade máxima de 70km/h (limite legal de 45km/h) que prometem trazer alguma diversão às deslocações diárias.

A ideia de electrificar surgiu durante o restauro de uma XF-17 antiga que possuo; hoje em dia ainda se comercializam peças novas para restaurar o que permite uma partilha de componentes significativa” explica Joel Sousa.

A nova E-XF traz ainda um sistema de travagem de disco à frente e atrás, com a inclusão do sistema CBS (Combined Brake System), conferindo uma melhoria significativa de segurança no sistema de travagem em relação ao modelo antigo. A bateria de 72V e 40Ah, possibilita com uma só carga de cerca de 4 horas, uma autonomia estimada de 70km (dependendo das condições). A abertura das pré-reservas proporcionam acesso a uma primeira edição limitada do modelo com entregas a partir de 2022 com um PVP estimado de 4.100€.

Em relação ao futuro da marca, Joel Sousa mostra-se confiante: “podíamos ter ido pelo caminho óbvio de colocar um motor a gasolina. Talvez para Portugal fizesse mais sentido, mas temos que ser mais ambiciosos e projectar a marca para fora, começando desde já pela Europa. Mas isto só se consegue com um produto inovador e com enorme potencial de conquistar mercados como o dos motociclos eléctricos, que ainda estão em aberto mas a crescer rapidamente“.

O tão esperado regresso da Famel está próximo, mas para Joel Sousa há ainda muito caminho por percorrer, “Estamos agora a entrar numa segunda fase que será a mais crítica para reerguer a marca: a industrialização e comercialização; serão desafios enormes, mas estamos convictos que as pré-reservas nos irão dar indicações bastantes positivas. Também estamos a procurar investidores e parceiros em áreas estratégicas que partilhem da mesma visão para a marca tornando-a conhecida mundialmente“.

Pré-reservas no website e-xf.famel.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *