Ford Puma ST vs Ford Puma RC

Ford Puma ST RC

O novo Puma ST, o primeiro SUV à venda na Europa com assinatura Ford Performance, assume um lugar de destaque num embate épico contra uma pequena, mas igualmente impressionante, versão minimalista de si mesmo, num vídeo publicado pela Ford.

O vídeo “Puma ST vs. Puma RC” coloca o Puma ST, um SUV compacto de elevada performance, de 200 cavalos, conduzido pela estrela dos ralis Louise Cook, contra uma réplica telecomandada, à escala 1/10, controlada pelo piloto profissional Lee Martin, numa animada corrida contra o cronómetro.

Gravado no icónico circuito britânico de Brands Hatch, este confronto especial representa o derradeiro teste à agilidade do novo Puma ST. Fazendo uso das suas habilidades dinâmicas, sublimadas pelas sofisticadas Sports Technologies, o Puma ST consegue completar uma volta do Brands Hatch Indy Circuit num tempo-alvo de cerca de 60 segundos.

Já a miniatura telecomandada do Puma ST tem como objectivo completar três voltas da pista de karts de Brands Hatch, com uma distância total de 220 metros por volta, numa réplica precisa do Indy Circuit, que reproduz na perfeição as suas desafiantes seis curvas. Com um tempo-alvo definido em cerca de 20 segundos por volta para o Puma ST à escala reduzida, este é um desafio que coloca à prova a performance de ambos os veículos e respectivos pilotos, promovendo um emocionante e renhido final.

Introduzindo a já reconhecida dinâmica de condução Ford Performance no inovador Ford Puma, o Puma ST é propulsionado por um motor 1.5 litros EcoBoost, a gasolina, com 200 cavalos, e acelera de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos. Das suas Sports Technologies fazem parte um opcional diferencial autoblocante, único no segmento, molas de força vectorial e especificações únicas para a suspensão e direcção de modo a proporcionar uma excepcional resposta em curva. Os Modos de Condução seleccionáveis incluem um Modo Track que altera as características da sua dinâmica para se alcançarem os melhores tempos por volta, bem como oferecer a mais pura experiência de condução.

Louise Cook, piloto britânica de ralis que conta no seu currículo com o título de Campeã da Taça FIA de Carros de Produção para veículos de duas rodas motrizes e com uma dupla vitória no Campeonato Britânico de Ralis destinado a pilotos do sexo feminino, atribui ao Puma ST as melhores hipóteses de vitória.

Quanto ao Puma ST RC, é um exemplar único, à escala 1/10, desenvolvido especialmente para esta corrida pela empresa britânica Designworks, que se baseia numa plataforma ARC R12FF e utiliza um motor eléctrico 402 W que lhe permite atingir uma velocidade de 80 km/h. Desenhado ao pormenor para se assumir como uma réplica perfeita do modelo à escala real, o Puma ST RC conta igualmente com tracção dianteira. A sua leve carroçaria foi construída em poliestireno de alto impacto (HIPS), utilizando para isso informações digitais de engenharia retiradas do Puma ST real e tecnologia de fresagem controlada por computador. Pormenores como as réplicas das jantes, dos retrovisores exteriores e das escovas limpa para-brisas foram impressos em 3D com grande detalhe. Até a pintura exterior Mean Green é idêntica à do SUV de produção, tendo sido utilizada a mesma tinta acrílica à base de água.

A comandá-lo está Lee Martin, um piloto RC profissional, com seis títulos europeus e outros treze britânicos registados em seu nome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *