Mazda apresentou o CX-50, um modelo exclusivo para o mercado norte-americano

A Mazda North America Operations desvendou o Mazda CX-50, o novo SUV concebido exclusivamente para o mercado norte-americano e aquele que será o primeiro modelo Mazda construído na nova fábrica Mazda Toyota Manufacturing (MTM) em Huntsville, no estado norte-americano do Alabama.

A produção do Mazda CX-50 na MTM tem arranque agendado para o mês de Janeiro de 2022. A MTM é uma joint-venture na proporção 50:50 entre os dois fabricantes de automóveis e tem uma
capacidade anual de 300.000 veículos (150.000 para cada um), tendo sido concebida como parte de uma colaboração mais ampla entre a Mazda e a Toyota, na qual se inclui o desenvolvimento
partilhado de tecnologias para veículos eléctricos, automóveis conectados e sistemas de segurança avançados.

O CX-50 irá, a partir de então, integrar a gama norte-americana da Mazda, posicionando-se acima do CX-5. Partilhando a plataforma com o Mazda3 e o Mazda CX-30, esse mais recente SUV da Mazda será inicialmente propulsionado por um de dois motores a gasolina Skyactiv-G de 2,5 litros, a que se seguirá a fase de electrificação. O novo modelo conta com as mais recentes evoluções dos sistemas i-Activ AWD e Mazda Intelligent Drive Select (Mi-Drive), este último capaz de oferecer diferentes modos de condução para as várias condições do ambiente em que evolui. O exterior elegante e robusto do Mazda CX-50 enfatiza as suas capacidades melhoradas em fora de estrada, enquanto a disposição e qualidade do habitáculo – equipado com um tejadilho panorâmico, uma estreia da Mazda – demonstra o foco contínuo da marca em proporcionar uma experiência de condução superior.

Acrescente-se que o novo modelo antecipa o lançamento na Europa de dois outros SUV, de maiores dimensões, processo que decorrerá ao longo dos próximos dois anos. Os futuros Mazda CX-60 (com duas filas de bancos) e Mazda CX-80 (com três filas) irão marcar a introdução dos propulsores híbridos, a gasolina e eléctricos, no mercado europeu. Combinando potência elevada e baixas
emissões, surgirá, igualmente, um motor seis cilindros em linha Skyactiv-X de nova geração, de ignição por compressão, bem como um bloco diesel Skyactiv-D, com tecnologia mild hybrid de 48V.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *