Tentativa de bater recorde de salto com carro corre mal

A expressão do piloto, neste caso, vale mais que mil palavras. Guerlain Chicherit estava a tentar bater o recorde de salto em comprimento com um automóvel, e até certo ponto tudo parecia estar a correr bem.

Crash_01

Pode parecer incrível que seja possível fazer um automóvel voar por mais de 100 metros; mas é isso mesmo que foi conseguido por Tanner Foust (que podem ver semanalmente no Top Gear em versão USA), que detém o recorde com 101 metros. Chicherit estava a tentar atingir os 110 metros de distância, só que a meio do voo o carro começou a mergulhar demasiado, resultando num catastrófico acidente que ficou registado por múltiplas câmaras (incluindo do interior do veículo) e também com direito a “super slow motion”. Felizmente, mesmo depois do aparatoso acidente, o piloto não sofreu ferimentos de gravidade.

Fiquem com o vídeo, onde a parte do salto começa por volta dos 7:00… e seguido pelo impressionante vídeo do salto que continua a deter o recorde mundial (e outro).

 

[youtube http://youtu.be/HWOANXNGrZc]

Portanto, o salto de 101 metros de Tanner Foust ainda continua seguro… por mais algum tempo.

 

[youtube http://youtu.be/Y2jxZjKjF_Q]

… Embora por vezes algumas pessoas pareçam querer quebrar este recorde na via pública (se não tivesse uma ponte à frente se calhar até teria conseguido).

 

[youtube http://youtu.be/LJlmv9r1IKY]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *