O som “retrabalhado” dos automóveis desportivos

Tal como todas as demais discussões audiófilas, a questão da sonoridade dos automóveis é um tema que suscita acesas discussões e paixões. Mas afinal, o que leva as marcas a recorrerem ao sistema de som do carro para complementar o barulho dos seus motores?

EngineSound_01

Dificilmente se conseguirá encontrar um equilíbrio que agrade a todos. Para uns é “sacrilégio” que se adultere de qualquer forma electrónica o som de um motor mecânico de um automóvel; para outros isso é encarado com naturalidade, como uma forma de proporcionar um maior prazer na condução.

Hoje trago-vos um vídeo que mostra que no BMW M4 essa questão acaba por passar um pouco ao lado. É que, pelo que nos dizem, o barulho do motor que chega ao interior do carro através das colunas do sistema de som é feito apenas para poder ser apreciado e ultrapassar o isolamento sonoro do habitáculo. Não que isso vá ser desculpado pelos puristas da mecânica, mas… considerando que daqui por mais umas décadas estaremos a conduzir automóveis eléctricos sem barulho da combustão… dá sempre que pensar. 🙂

(Isto, assumindo que não serão eles a conduzir-nos a nós… como é mais provável que aconteça.)

 

[youtube http://youtu.be/smuAN5VUkzs]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *