Peugeot vai abandonar WRX para se dedicar aos modelos desportivos eléctricos

Depois de ter apresentado, no Salão de Paris, a sua nova geração de veículos híbridos plug-in, como parte da sua estratégia de electrificação, a Peugeot anunciou o desenvolvimento de uma nova gama electrificada de modelos desportivos para 2020.

A Peugeot irá concentrar os seus recursos no desenvolvimento destes novos veículos e, em consequência, irá retirar-se do Campeonato do Mundo de Ralicross (World RX) no final da presente temporada, categoria em que a evolução rumo à electrificação é ainda incerta.

Verdadeiras montras tecnológicas, estas versões desportivas electrificadas serão desenvolvidas em colaboração com as equipas da Peugeot Sport e irão contribuir para o desafio de redução das emissões de CO2, em conformidade com as instruções das instituições europeias, direccionadas ao sector automóvel.

A marca francesa decidiu concentrar-se no desenvolvimento destes novos veículos, num contexto de incerteza que pesa sobre a evolução do Campeonato WRX, de uma base de motores térmicos para outra eléctrica, no horizonte de 2021. Em resultado, esta competição sai do calendário de electrificação da marca Peugeot que, de acordo com o plano definido, terá uma primeira proposta a partir de 2020.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *