Novo Hyundai IONIQ mantém classificação máxima nos testes Euro NCAP

O novo Hyundai IONIQ manteve a classificação máxima de 5 estrelas nos testes de segurança Euro NCAP.

As versões IONIQ Hybrid, Plug-in Hybrid e Eléctrico obtiveram todas esta classificação máxima.

No que refere à protecção de adultos e crianças, peões ou sistemas de segurança de apoio à condução, o Hyundai IONIQ estabelece um novo standard em todas os critérios e não apenas no seu segmento, mas também comparativamente a veículos de segmentos superiores: “A classificação de 5 estrelas Euro NCAP demonstra que a nossa estratégia de oferecer sistemas de segurança
avançados em todo o tipo de veículos está correcta. O Novo Hyundai IONIQ é um automóvel moderno e inclui tudo o que o consumidor necessita” refere Andreas-Christoph Hofmann, Vice Presidente de Marketing e Produto da Hyundai Motor Europe.

Os sistemas de segurança passivos do Novo Hyundai IONIQ são apoiados pelo seu chassis leve, mas de elevada rigidez. As jantes melhoradas e inovadoras do Hyundai IONIQ garantem uma absorção ideal da energia gerada no impacto. Na eventualidade de um acidente, um total de 7 airbags protegerá os passageiros, incluindo um airbag adicional que protege os joelhos do condutor.

Mas para prevenir que os acidentes ocorram, em primeiro lugar, o Hyundai IONIQ está equipado com a tecnologia SmartSense, que inclui sistemas que activamente antecipam o potencial de risco de cada situação.

O Alerta de Colisão Frontal – de série no IONIQ – avisa o condutor, em situação de emergência, e trava automaticamente. O sistema é activado quando outro veículo, um peão ou – no redesenhado IONIQ – um ciclista aparecem em frente ao automóvel. O sistema de segurança de série inclui ainda o Assistente de Manutenção à Faixa de Rodagem, que evita que o automóvel ultrapasse inadvertidamente a faixa de rodagem. Outros sistemas de segurança como o Detector de Ângulo Morto e Avisador de Tráfego na Rectaguarda estão disponíveis como opcional.

O novo Hyundai IONIQ chegará a Portugal no último trimestre de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *