Lançamento Virgin Orbit não chegou a órbita

Numa semana importante para a história aeroespacial, a Virgin Orbit deu o tiro de partida com um teste falhado, com o seu foguete LauncherOne lançado de um avião a abortar a tentativa de atingir a órbita pouco depois de se ter separado.

O LauncherOne da Virgin Orbit utiliza um Boeing 747 como plataforma aérea de lançamento, permitindo que o foguete conte com essa ajuda (de velocidade e de altitude) para, teoricamente, permitir lançamentos a custo mais reduzido.

Infelizmente, embora o LauncherOne tenha sido largado do avião e feito a ignição, sofreu uma anomalia ainda não especificada que obrigou a abortar o teste. Um resultado algo frustrante para a Virgin Orbit, mas que faz parte do inevitável processo de aprendizagem que, eventualmente, resultará num lançador fiável para cargas de média dimensão.

Por agora não se perdeu nada, já que o lançador não levava nenhum satélite, mas apenas um peso para simular a presença de um. Há agora que esperar por mais detalhes sobre o que terá corrido mal, e quando se poderá esperar nova tentativa.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *