Honda desliga fábricas devido a ciberataque

Relembrando que a questão dos ciberataques é uma ameaça constante, a Honda foi forçada a suspender a produção a nível mundial depois de ter sido detectado um vírus nos seus servidores.

Embora não tenham sido ainda divulgados detalhes sobre que tipo de ataque terá acontecido, dizendo apenas que parece não ter havido roubo de dados pessoais dos seus funcionários, este é mais um ataque que serve para demonstrar como os riscos digitais facilmente se podem fazer sentir no mundo real.

No passado já assistimos a campanhas de ransomware que lançaram o pânico por empresas em todo o mundo – e que continuam a ser uma praga, mais recentemente acompanhadas da ameaça acrescida de que os dados roubados poderão ser expostos publicamente se não pagarem os resgates; e este caso da Honda mostra como um ataque digital pode levar ao encerramento de dezenas de fábricas por todo o mundo, com todos os efeitos secundários a isso associados.

Resta tratar estes casos como exemplos educativos de como o investimento na segurança digital não deve ser descurado – e que tal deve ser levado bastante a sério por todas as empresas, incluindo aquelas que mesmo nos dias de hoje continuam sem ter qualquer política de backups e reposição de dados em caso de ataque.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *