Lucid Air já é oficial e chega ao mercado na versão mais cara

A Lucid Motors já apresentou oficialmente o Lucid Air, com o qual pretende “envergonhar” a Tesla, mas que começará por estar disponível apenas na versão mais cara de 170 mil dólares – a versão que custa metade do preço só chegará em 2022.

O Lucid Air chega em quatro versões: o modelo Air “base” a ter um preço que ficará abaixo do 80 mil dólares mas que só ficará disponível em 2022; o Air Touring de 95 mil dólares com 620hp e autonomia para 653km, que chegará no final de 2021; o Air Grand Touring de 139 mil dólares com 800hp e autonomia de 832km; e o Air Dream Edition, o modelo topo de gama, de 169 mil dólares, com 1080hp e autonomia para 809km. São estas duas últimas variantes mais caras que estarão disponíveis em primeiro lugar, já no segundo trimestre de 2021.

A Lucid tira vantagem da sua experiência das baterias usadas na Formula E, usando nestes automóveis um sistema de 924V com motor AC trifásico e inversor ultra-compacto, com eficiência 17% superior ao sistema usado pela Tesla no Model S.

O carregamento, num posto que tire partido das capacidades do carro, poderá recarregar estes Lucid a um ritmo de 482km de autonomia em apenas 20 minutos. E o seu carregador integrado de 19.2 kW é bidireccional, permitindo que o carro possa também fornecer energia a uma casa ou a outro automóvel.

Entretanto, Elon Musk promete “boas coisas” para o Battery Day da Tesla no próximo dia 22, e também deverá estar para breve a apresentação das novas gerações dos Model S e Model X; conscientes de que irão ser comparados directamente com as capacidades destes Lucid Air.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *