Elon Musk não recomenda comprar Teslas em fase produção acelerada

Numa entrevista com Sandy Munro, Elon Musk reconheceu que comprar um Tesla nas fases de produção acelerada é receita para ficar com um Tesla que não tenha todos os acabamentos como devia ter.

Sandy Munro ficou conhecido do público por desmontar completamente os Tesla para fazer uma análise minuciosa dos componentes utilizados e processo de produção, e desta vez traz-nos uma entrevista com Elon Musk onde aborda muitos dos tópicos que interessam a quem acompanha estes temas ou se interessa pelos automóveis da Tesla. Nesta entrevista, Elon Musk reconhece que houve muitos erros que poderiam ser evitados, como o facto de terem tentado acelerar o processo de pintura quando estavam a tentar aumentar a produção do Model 3, não dando tempo suficiente para secar, e que resultou em inúmeras queixas por parte dos clientes – entre outros problemas, como o dos Model 3 iniciais terem problemas que faziam lembrar um carro do século passado, algo que Musk também reconheceu.

A Tesla tem tentado aprender com os erros, para não os repetir nos novos modelos – como o Model Y – e isso é algo que esperamos ver na prática com a chegada do Model Y produzido na Europa.

Veremos se também por cá se irá notar a recomendação de Musk, para que se compre um Tesla no início da produção ou quando está num ritmo de produção estável, e não quando se está em fase de acelerar a produção para atingir objectivos, onde a “pressa” resulta em todo o tipo de detalhes falhados que depois se vão acumular nas muitas queixas que vemos espalhadas pela internet.

Um pormenor interessante, passar para o chassis em (quase) “peça única” no Model Y, permitiu dispensar 300 robots na linha de montagem face ao Model 3.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *