Os falhanços do Autopilot FSD da Tesla

O modo FSD (Full Self Driving) da Tesla está a ser prometido por Elon Musk há anos, mas apesar dos avanços, há ainda um longo caminho a percorrer.

Recentemente, a Tesla começou a disponibilizar em fase beta, o modo FSD que pode conduzir em estradas citadinas, que são o verdadeiro desafio para os sistemas de condução autónoma, longe das condições mais controladas da condução em auto-estrada e vias rápidas. O FSD da Tesla é capaz de conduzir surpreendentemente bem, mas há também que estar consciente de que pode falhar a qualquer momento, e o vídeo que se segue mostra uma compilação dos falhanços do FSD em cidade, que deverão servir para acautelar que, tal como o sistema indica (mas é muitas vezes ignorado) os condutores devem manter a atenção constante na estrada e naquilo que o Autopilot está a fazer.

Há casos para todos os gostos, desde passar linhas contínuas, circular pela faixa contrária, quase colisões com veículos e muros, andar aos “S” como se estivesse bêbedo, ou até decidir ficar atrás de um carro estacionado com os quatro piscas ligado.

Quase tudo isto pode ser “desculpado” pelo facto de se tratar de um sistema em fase beta. Mas o que de melhor se pode esperar deste vídeo, é que sirva para consciencializar os condutores de que, por muito bom e surpreendente que o Autopilot seja quando conduz bem, basta uma fracção de segundo para que possa fazer algo mal – e se / quando isso acontecer, o condutor deverá estar alerta e pronto para salvar o dia, ou arriscar-se a ficar numa situação indesejada no meio da estrada, ou até envolvido num acidente que lhe servirá de lembrete mais dispendioso de como ainda não estamos no ponto de poder confiar no Autopilot tanto quanto se desejaria.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *