Mild hybrid (MHEV): o que são os híbridos suaves?

Na categoria dos veículos híbridos, a abordagem mais discreta à electrificação é a chamada MHEV ou veículos híbridos suaves. Parece-lhe isto uma linguagem estranha?

Não se preocupe, talvez mild hybrid ou micro-híbrido sejam conceitos mais familiares para si. Também não está familiarizado com nenhum dos dois? Não se preocupe, estamos aqui para ajudar, e os modelos Ford Puma, Fiesta e Focus vão ajudar-nos a esclarecer as suas dúvidas.

A tecnologia híbrida está longe de ser uma novidade no sector automóvel. Não estamos a falar do futuro, mas do presente, pois há marcas que utilizam sistemas de propulsão que combinam a mecânica térmica com a electrificada há anos, e a Ford é uma delas, mostrando deste modo que isto é algo em que a marca realmente acredita e que está a dar frutos em termos de sustentabilidade, poupança de combustível e redução do nível de emissões de gases poluentes.

Falemos agora dos carros MHEV, que também podem ser designados por mild hybrid ou micro híbridos. Mas não os confunda com os PHEV (plug-in hybrid) ou os HEV (híbridos eléctricos).

Já vimos que existem várias formas de referir esta tecnologia híbrida, mas talvez o mais interessante seja saber do que se trata. Pense num carro convencional, do tipo que conheceu nos últimos anos. Agora, acrescente o motor a gasolina 1.0 EcoBoost e condimente tudo com um sistema eléctrico alimentado por uma bateria de 48V que funciona como gerador de arranque para o motor de combustão. Tudo sem qualquer preocupação de carregar esta bateria, pois o carregamento ocorre de forma automática graças à tecnologia de travagem regenerativa. Sem fios.

Qual é o objectivo de tudo isto? Bem, desta forma, o EcoBoost 1.0 desliga-se automaticamente a baixas velocidades ou quando paramos nos semáforos, além de também receber apoio do motor eléctrico com pequenas contribuições de potência ou binário (nunca propulsando o carro sozinho). Este motor eléctrico alimenta ainda outros sistemas do veículo para reduzir a procura na mecânica principal. Dito isto, estes são obviamente os ingredientes perfeitos para uma receita mais verde, que podem ser encontrados no Ford Puma, Ford Fiesta e Ford Focus.

É claro que é uma forma interessante de poupar algum dinheiro, dado que o consumo de combustível diminui (o intervalo para reabastecimento aumenta) e as versões mild hybrid, além disso, são as mais económicas do mercado em termos de hibridação. Tudo isto, sem mencionar que estamos a cuidar do ambiente e de nós próprios, poluindo menos em cada viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *