Acidente com Tesla mata duas pessoas na China

A Tesla volta a ser arrastada para as notícias, devido a um aparatoso acidente na China que, infelizmente, resultou em duas vítimas mortais.

O caso foi registado pelas (muitas) câmaras que a China detém, mostrando um Tesla Model Y que estava a estacionar e depois começa a acelerar de forma cada vez mais rápida pela estrada fora, enquanto aparentemente o condutor se vai tentando desviar dos outros veículos até tal se tornar impossível.

Embora o caso esteja a ser usado pelos críticos da Tesla para demonstrar as falhas do Autopilot, até ao momento tudo parece indicar que se trata de mais um caso extremo e lamentável de erro do condutor, que terá carregado no acelerador em vez do travão e, em pânico, pressionando-o cada vez mais enquanto tenta perceber o que se passa.

A Tesla diz que os registos mostram que o condutor não carregou no pedão de travão, e é preciso relembrar que já foi investigada no passado por causa das “acelerações fantasma“, que até à data sempre vieram a demonstrar ter sido erro do condutor. Este caso, embora de forma inadvertida, acaba por ser em tudo idêntico aos casos de quem usou os seus veículos para abalroar deliberadamente pessoas em manifestações – sendo que nesses casos ninguém se insurgiu contra a marca dos veículos mas sim (e correctamente) contra a “besta” ao volante. Neste caso o condutor não terá tido essa intenção, mas talvez venha contribuir para que se tentem novas formas de tentar minimizar este tipo de incidentes de acelerações inoportunas por se carregar no pedal errado.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *