Na Galiza há uma viatura que detecta problemas nas estradas

 

A Universidade de Vigo em colaboração com cinco empresas da Galiza, desenvolveram um protótipo de um equipamento (para instalar num automóvel)  que é capaz de detectar de forma automatizada os problemas/defeitos das estradas. Este sistema, desenvolvido por um grupo de investigação de geotecnologias aplicadas, permitirá “ajustar os orçamentos e optimizar os custos” para a manutenção de estradas e vias públicas.

Sitegi_1

Este trabalho, denominado Projecto Sitegi, conta com um orçamento superior a 3,6 milhões de euros, parte dos quais financiados pelo FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional)

Os investigadores estão a criar um protótipo semelhante ao que é utilizado pela Google para fazer a recolha das imagens utilizadas no StreetView, mas com aplicações tecnológicas específicas e uma precisão “ao centímetro”. O veículo onde é instalada esta instrumentação recolhe todo o tipo de dados necessários para fazer um diagnóstico do estado das estradas, enquanto percorre essas vias.

Sitegi_2

Este protótipo está equipado com diferentes tipos de sensores, como scanners laser (que permite uma captação massiva de dados e criar as imagens a partir de “nuvens de pontos”), termografia por infravermelhos, fotogrametría, vídeo, geo-radar, perfilometría laser e sistema de localização global.

Sitegi_4

O software utilizado pela câmara faz a associação de cada imagem a uma hora exacta, obtida pelo sistema de GPS, fazendo a nomeação automática das imagens e associá-las a um determinado ponto quilométrico, o que permite criar um vídeo semelhante a este.

 

[youtube http://youtu.be/9m5sNcZgw14]

Todos os dados recolhidos pelos diferentes sistemas e sensores são posteriormente sincronizados, o que permite fazer um diagnóstico final sobre a situação real de cada estrada. Este sistema facilita também a realização de estudos sobre a sinalização das estradas ou sobre a situação das saídas e acessos às mesmas.

Uma das principais vantagens deste projecto é a enorme redução de custos e do tempo dispendido na manutenção das estradas. Num dia de recolha de dados, a viatura do Projecto Sitegi pode recolher informações de muitos quilómetros, o que exigiría vários dias de trabalho de campo com equipas técnicas especializadas.

Sitegi_3

Este sistema possibilitará também que as verificações do estado das estradas se possa efectuar com mais frequência, permitindo estabelecer prioridades nas actividades de manutenção e conservação das vias.

Acho que se este sistema fosse utilizado em Portugal, levaria ao colapso dos computadores utilizados para o processamento dos dados, tantas seriam as informações de problemas e defeitos que iam ser detectadas pelo sistema 😉

Fonte: Coches.com

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *