TomTom vai usar informação meteorológica para calcular as rotas

Os actuais sistemas de navegação são impressionantes, permitindo-nos chegar a praticamente qualquer ponto do planeta onde nunca se tenha estado, e até evitando os indesejados engarrafamentos e acidentes sempre que possível. Mas a TomTom quer fazer ainda mais, e vai começar a ter em conta também as condições atmosféricas para o cálculo do melhor percurso.

TomTom_01

À primeira vista, poderá parecer que esta “novidade” não trará grandes benefícios, mas quem já teve que conduzir a passo de caracol devido a chuva tão intensa ou nevoeiro que nem nos deixa ver a estrada, facilmente compreenderá como um pequeno desvio poderia acabar por ter sido bem mais rápido (e seguro).

Assim, tal como já são apresentadas as informações sobre o estado do trânsito e acidentes, passa também a pesar na decisão estes factores climatéricos. Nos países onde a queda de neve é mais comum, este tipo de informação será ainda mais importante, permitindo evitar troços que possam complicar bastante a condução. Tal como a informação de trânsito, também esta informação meteorológica é obtida em tempo real, de modo a dar aos condutores as informações “reais” à medida que elas acontecem.

TomTom_02

Agora… já só espero pelo dia em que uma app de navegação conte com integração com o sistema de semáforos de uma cidade, de modo a poder indicar-nos uma rota que evite ficarmos parados nos sinais vermelhos (curiosamente, acho estranho nunca ter surgido nenhuma opção do tipo: “evitar semáforos sempre que possível” – desde que isso não obrigasse a dar uma volta absurdamente grande, evidentemente.)

Mas… se calhar isso tornar-se-á desnecessário com a chegada dos carros sem condutor; que não só dispensarão os condutores, como a necessidade desses sistemas “arcaicos” de regulação do fluxo de tráfego… eventualmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *