Asas LEAPTech da NASA parecem uma caricatura – mas são o futuro da aviação

Quem olhar para um avião com tecnologia de asas LEAPTech poderá pensar que se trata de um avião desenhado por alguém sem quaisquer noção de aerodinâmica; mas na verdade é precisamente o oposto: estas asas que estão a ser desenvolvidas pela NASA em parceria com outras agências aeroespaciais, poderão ser a imagem do futuro da aviação.

Nasa_Leaptech_01

As asas LEAPTech têm uma aparência bastante incomum, sendo bastante mais estreitas que as asas normais, e repleta de motores com pequenas hélices. Mas estas asas são mais um importante passo em direcção aos aviões eléctricos, e têm avançado nas fases de testes para que se venha a poder ter um avião em escala real.

Nasa_Leaptech_02

Com esta tecnologia, o maior número de motores e hélices permite aumentar a velocidade do ar sobre a asa de forma uniforme (e com cada motor a poder ser controlado independentemente por um computador, para maximizar a eficiência a cada momento), aumentando significativamente a sustentação e reduzindo o atrito das asas. Com estas asas, será teoricamente possível ter aviões mais rápidos, mais silenciosos, e mais fáceis de pilotar.

Claro que tratando-se de motores eléctricos, ficamos também limitados pela tecnologia das baterias actuais, as que nunca têm a autonomia desejada. Mas, à medida que se for apostando cada vez mais nos sistemas eléctricos, maiores serão os incentivos para que se invista mais nesta área – e afinal, também não nos podemos esquecer que já temos aviões eléctricos a dar a volta ao mundo e que se poderiam manter no ar indefinidamente, se não fosse necessário reabastecer os mantimentos para os pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *