Google patenteia sistema para diferenciação entre condutores e passageiros num automóvel

Quando se está a conduzir não se deve estar distraído a brincar com o smartphone, mas até ao momento a maior parte das apps que se preocupam com esta questão limitam-se a exibir um aviso a perguntar se somos um passageiro – coisa a que o condutor prontamente responderá que “sim”. No entanto o Google pensa ter uma solução para esse problema.

Google_Car_Patent_01

Confesso que muitas vezes fico preocupado com os sistemas complicados que são desenvolvidos para tentar resolver problemas que provavelmente não terão solução. Em tempos, alguém teve a brilhante ideia de usar o GPS para detectar a velocidade do utilizador, e assim bloqueando a interacção com a app quando se seguia num veículo – esquecendo-se por completo que a app poderia estar a ser utilizada por um passageiro, que teria toda a legitimidade para querer mexer nela, mesmo em andamento.

Agora, o Google atira ainda mais complexidade para cima deste problema, recorrendo às informações dos gestos recolhidos por um smartwatch ou outro wearable, para determinar se o utilizador em questão estará a fazer gestos de condução, e assim descobrir se é o condutor ou um passageiro.

Google_Car_Patent_02

A ideia até é interessante e pode fazer sentido, de um ponto de vista tecnológico, mas novamente não posso deixar de pensar que todo este sistema se torna um pouco ridículo, quando a resposta de um condutor que se sentisse limitado por este método de detecção seria óbvia: tirar o seu smartwach do pulso quando entrasse no automóvel (ou desligá-lo).

Vamos lá Google, dedica-te a fazer carros que dispensem os condutores, e deixa de perder tempo com soluções teóricas condenadas ao falhanço se transpostas para o mundo real.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *