Nissan propõe carros autónomos com condutores remotos à disposição

Criar um automóvel autónomo capaz de lidar com a infinidade de situações com que se pode deparar no mundo real é algo que muitos dizem ser impossível, e por isso a Nissan opta por assumir isso logo de início e arranjar uma solução bem conhecida: utilizar condutores humanos… mas remotamente.

A ideia é a de que os carros serão capazes de funcionar autonomamente durante a maior parte do tempo, mas quando surgir alguma situação inesperada, haverá condutores humanos que poderão lidar com o problema e controlar o carro à distância, dando as devidas indicações para que prossiga com a viagem em segurança.

Parece-me uma opção bastante realista para o primeiro período de transição para os carros autónomos… até eventualmente se chegar ao ponto em que mesmo estes tele-condutores deixem de ser necessários (ou passem a maior parte do tempo sem serem necessários).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *