Mercedes apresentou o EQ A, o novo compacto eléctrico

A sub-divisão de veículos eléctricos da Mercedes, a Mercedes EQ, apresentou, no Salão Automóvel de Frankfurt o seu segundo modelo de emissões zero. O Mercedes EQ A é um protótipo de um compacto eléctrico que podemos ver pela primeira vez e que servirá de base à versão de produção que será lançada em 2020.

As dimensões do Mercedes EQ A são muito semelhantes às do Classe A, mas em vez de ter quatro portas apresenta-se apenas com duas portas. Apesar das especificações do modelo de produção ainda não serem conhecidas, este protótipo está equipado com uma bateria de 60 kWh, que permite alcançar uma autonomia de 400 kms, segundo o ciclo NEDC, um valor que em condições reais se deverá traduzir em cerca de 300 kms.

Outra das novidades do Mercedes EQ A será a ampla gama de baterias com diferentes capacidades que se adaptarão às diferentes necessidades dos consumidores. Neste momento ainda não se sabe quais as baterias que a Mercedes disponibilizará para o EQ A, pelo que não é possível perceber se a bateria de 60 kWh será a de maior capacidade ou se haverá alguma outra bateria com mais capacidade.

O sistema de propulsão deste protótipo é formado por dois motores eléctricos que produzem uma potência conjunta de 268 cavalos (200 kW). Graças à incorporação de um sistema de tracção integral, o Mercedes EQ A será capaz de alcançar os 100 km/h em apenas 5 segundos. Este modelo disponibiliza dois modos de condução (Sport e Sport Plus) que permitem configurar a distribuição da potência.

Outro dos destaques deste modelo é o sistema “seamless charging”, que permite três formas distintas de carregamento (ligação standard, carga rápida e carga por indução) o que poderá facilitar o carregamento das baterias em qualquer tipo de estações públicas de carregamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *