Marcas alemãs sem capacidade para produzir baterias para automóveis eléctricos

Uma espantosa falta de visão criou uma verdadeira “tempestade perfeita” na Alemanha, resultando na incapacidade dos grandes fabricantes automóveis conseguirem produzir o elemento mais crítico para os automóveis eléctricos: as baterias.

Contrariamente ao que a Tesla tem feito nos últimos anos, que actualmente lhe permite ter a maior capacidade de produção de baterias a nível mundial, na Alemanha a Daimler deu-se ao luxo de encerrar a sua fábrica de células de bateria no final de 2014 – uma altura quem que já seria mais que evidente o rumo que as coisas iriam tomar.

Agora, a solução passa por ficar dependente de fornecedores externos, com fabricantes chineses dispostos a criarem fábricas de baterias na Alemanha para fornecerem as grandes marcas… mas simultaneamente privando-as de competirem entre si com inovações neste componente (que bem precisa de todos os avanços e melhorias que puderem ser conseguidas).

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *