Tesla Model 3 evita colisão com travagem de emergência

Uma das vantagens dos carros com sistemas de segurança mais avançados é o facto dos mesmos poderem manter uma vigilância ininterrupta e sem distracções de tudo o que se passa em redor do veículo, e aparentemente terá sido isso que evitou uma colisão com um Tesla Model 3.

O condutor de um Model 3 estava a arrancar num semáforo, quando um veículo passa o sinal vermelho a alta-velocidade em rota de colisão. O Model 3 parou, evitando a colisão iminente, mas não conseguindo impedir que o veículo infractor viesse a bater violentamente com uma carrinha, fazendo-a capotar.

Ainda falta clarificar e confirmar se realmente terá sido o sistema de travagem autónomo a detectar e prevenir a colisão (como está a ser indicado). Mas caso o tenha sido, fica também a pergunta sobre como o carro teria reagido se, em vez de travar, a forma de evitar a colisão tivesse sido acelerar a alta-velocidade (imagino que nem mesmo o sistema da Tesla tenha essa capacidade, pelo menos por agora).

E claro… não faltam todas as outras questões ainda mais complicadas e que têm sido debatidas, como por exemplo, imaginar que do lado direito estavam várias crianças, e que o Model 3 teria que decidir entre servir de “barreira” e protegê-las, pondo em risco os seus próprios ocupantes, ou dar prioridade ao seu condutor, independentemente do que pudesse acontecer. Mais, podemos até considerar a hipótese de que o condutor quereria fazer essa manobra… e o carro não deixar, para não o por em risco. Todo um mundo de complexos cenários que, inevitavelmente, terão que ser abordados.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *