Tesla vai aumentar autonomia para 660 kms

Elon Musk disse que já não demorará muito para fazer chegar ao mercado Teslas com autonomia para 400 milhas, que no ciclo europeu representaria cerca de 660 km.

A autonomia continua a ser a principal preocupação para quem considera mudar para os automóveis eléctricos. Embora os Tesla sejam os modelos no mercado com maior autonomia (e eficiência), haverá sempre quem deseje maior liberdade para circular sem se preocupar com as paragens nos postos de carregamento Supercharger – e serão esses a apreciar uma melhoria na autonomia prometida para breve, que aumentará de 610 para 660 kms a autonomia num Model S Long Range.

Actualmente, o Tesla com maior autonomia é o Model S Long Range, que nos EUA indica uma autonomia de 370 milhas (EPA). Será este o modelo que previsivelmente conseguirá chegar às 400 milhas graças à utilização de motores mais eficientes e baterias ligeiramente remodeladas e mais leves.

A conversão para a autonomia na Europa não é directa, uma vez que por cá se utiliza a estimativa de autonomia usando o ciclo WLTP – ligeiramente mais optimista que o EPA. A autonomia de 370 milhas (595 kms) é por cá apresentada como sendo de 610 kms; e fazendo essa mesma conversão, a melhoria para as 400 milhas (643 kms) deverá situar-se perto dos 660 kms.

A diferença não é muita (quem já tiver 610 kms já estará suficientemente “confortável” para circular num automóvel eléctrico até para viagens longas, aproveitando as pausas de descanso recomendáveis para carregar o automóvel se for necessário) mas, nestas coisas da autonomia… mais é sempre melhor.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *