StandVirtual celebra 15º aniversário

O Standvirtual, portal online de anúncios classificados automóvel, assinalou, no final de Setembro, os seus 15 anos de actividade em Portugal com um evento, realizado nos escritórios em Lisboa, que reuniu antigos e actuais responsáveis de operações com o intuito de apresentar a evolução da marca até à data e perspectivar o que serão os próximos anos.

Miguel Mascarenhas, fundador e CEO até 2014, e Nuno Castel-Branco (na foto), actual Head of Motors, foram os principais destaques entre os oradores e não se coibiram de revelar dados pertinentes sobre o Standvirtual.

Ao longo dos últimos 12 meses, o Standvirtual teve mais de 210 mil carros à venda (oferta), recebeu mais de 2,3 milhões de contactos aos anúncios colocados (procura) e mais de 21 milhões de visitas no site (com uma permanência média de seis minutos por visita). Isto significa uma média aproximada de 1.750.000 visitas por mês.

Com base nestes indicadores e antecipando já o que será o próximo ano, Nuno Castel-Branco afirmou que “no que concerne ao segmento em que operamos, estamos no top of mind dos portugueses há mais de seis anos e, em 2020, iremos investir na melhoria do nosso produto e serviço com intuito de aproximar ainda mais compradores e vendedores, através de maior
transparência e informação. Como tal, projectamos um crescimento de 20% face ao ano de 2019“.

A categoria de peças e acessórios auto será, de acordo com o próprio, também uma grande aposta nos próximos anos. A marca conta actualmente com 600 mil peças e acessórios e pretende duplicar este valor no próximo ano. “Queremos trabalhar junto dos clientes profissionais especializados nesta matéria para que, a breve trecho, possamos também ser considerados uma referência para quem procura comprar e/ou vender peças e acessórios auto. O investimento nesta categoria irá passar, para além de alargamento obrigatório da rede de clientes profissionais desta área que utilizam a nossa plataforma, também pela contratação de recursos especializados que terão a missão de garantir o melhor serviço possível aos nossos utilizadores“, explica Nuno Castel-Branco.

O tema dos recursos humanos foi outro dos abordados e sobre o qual o responsável máximo do Standvirtual desvendou alguns números interessantes: “Neste momento, entre programadores e equipas dos restantes departamentos, contamos com cerca de 200 colaboradores, mas é nossa intenção fazer crescer a equipa até o final do ano“, revelou Nuno Castel-Branco.

O início do evento ficou marcado pela intervenção de Miguel Mascarenhas, que fez questão de revelar alguns dados curiosos que ficarão para sempre na história do Standvirtual, tais como o
Audi A4 ter sido o primeiro carro anunciado na plataforma ou que a Mercedes, BMW, Audi e Volkswagen terem sido as marcas mais pesquisadas durante os primeiros 10 anos do Standvirtual.
Estas são apenas curiosidades que, de certo modo, ajudam a perceber a evolução que não só o negócio como todo o setor teve ao longo destes 15 anos. Mas o mais importante, quanto a mim, é que, passado todo este tempo, a marca Standvirtual é a primeira a surgir na cabeça de quem procura comprar ou vender carros usados ou seminovos em Portugal e esse era, aquando do arranque, o maior objectivo deste projecto“, confessou Miguel Mascarenhas, Fundador do Standvirtual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *