Tesla a reboque mais eficiente que carros a combustível

A capacidade dos carros eléctricos se poderem recarregar usando os seus próprios motores eléctricos como geradores foi posta à prova, com resultados surpreendentes, num teste com reboque.

Um carro eléctrico recupera energia quando se está a “travar” ou numa descida, e o mesmo efeito também se aplica quando o carro está a ser rebocado. Ou seja, se por algum motivo estivessem num carro eléctrico sem bateria, o simples acto de serem rebocados até um posto de carregamento faria com que, quando lá chegassem, já pudessem ter o carro com um nível de carga significativo.

A demonstrá-lo está o seguinte vídeo, que avalia a eficiência energética de um Tesla face a uma pickup Ford Raptor, na situação de se ter a pickup a rebocar o Tesla para o recarregar.

As conclusões são extremamente interessantes, e demonstram o diferencial de eficiência que existe entre os veículos a combustão e os veículos eléctricos – sendo que neste caso não ajuda que a Ford Raptor tenha consumos de cerca de 22 litros/100km (de forma comparativa, com as conversões de energia, o Tesla fica-se por um consumo equivalente de 2,2 litros/100km.

Isto faz com que, caso se tivesse a energia de um galão de combustível (3,8 litros), a Ford Raptor seria capaz de percorrer apenas 17,22 km, enquanto que o Tesla poderia percorrer 174,6(!) km. Mas a parte curiosa é que, se se levasse um Tesla a reboque, com a energia que ele recarregaria durante a distância percorrida, seria possível percorrer quase o dobro da distância que só a pickup: 29,1 km.

O Tesla é 5,6x mais eficiente que esta Ford Raptor; mas não menos interessante é que mesmo que se estivesse a compará-lo com um carro “poupadinho” que gastasse apenas 4,4 litros/100km (e serão poucos os que conseguem obter essas médias no mundo real), ainda assim o Tesla continuaria a ser 100% mais eficiente! Dá que pensar, não?

P.S.: Próximo passo, por um Tesla a rebocar um Tesla, para lançar novo meme de energia infinita! 🙂

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *